quinta-feira, 18 de junho de 2009

Rasgaram meu diploma


O Supremo Tribunal Federal decidiu ontem que não é mais necessário diploma de curso superior para se exercer a função de jornalista.

O relator do processo, nobre Ministro Gilmar Mendes, apresentou como um dos principais argumentos para a decisão o fato de que o ofício do jornalismo não traz riscos à sociedade, como o ofício da medicina ou da engenharia, por exemplo.

Se uma casa mal construída desaba, pode matar alguém. Uma difamação nos jornais pode ser compensada por uma ação judicial.

Obrigado, Gilmar. Você acaba de confirmar a minha tese: os advogados trazem muitos riscos aos cidadãos. Afinal, é preciso diploma para o exercício do direito.

Falando sério. Como jornalista, não me incomoda a decisão.
Penso apenas que ela deveria ser estendida a outras profissões.

Eu, por exemplo, gostaria de ser juiz de direito. O que é necessário para exercer o ofício? Ética e bom senso para julgar. Será que o juiz precisa mesmo de um curso superior de direito ou isso seria reserva de mercado? Não estou brincando não. Penso assim mesmo.

Poderia listar outras profissões para as quais a exigência de um diploma de curso superior específico não fazem sentido: professor, terapeuta, economista (eles sempre erram as previsões mesmo),agente FIFA (sabia que eles precisam de um curso específico?)

Vamos ampliar esta discussão.
Pelo fim de todos os diplomas!

6 comentários:

Jasão disse...

Graaaande Ronaldo Martins! Por um instante, achei que você tava falando sério no início do texto...

Cara, só estou vendo focos de resistência à decisão do STF nos blogs de Minas Gerais... fala sério comigo!

No país inteiro, bons jornalistas são a favor da medida do STF, só na província de Minas Aécio Gerais (justo na terra do reizinho, logo ele, que adora fazer visitinhas às redações) tenho visto jornalistas contra. Medo? Protecionismo? Oras, nós sabemos que a imprensa mineira é uma das mais despreparadas do país!

Discordo com sua frase final: não dá pra acabar com todos os diplomas. O que não é necessário, é um diploma, ou frequentar uma universidade para aprender determinada área do saber - mas isso é uma coisa completamente diferente.

P.S.: o Danilo manda dizer que é o mais novo jornalista da família Martins... jornalista-blogueiro!

Sandra Leite disse...

acabei de virar jornalista, Ronaldo:) Era meu sonho...

Voce sumiu e nem disse bye, bye:)

Qualquer Um disse...

Caro Jornalista-Com-Diploma,

Apoiado. Pelo fim deste anacronismo de diplomas. Podemos colocar provas no lugar (como a OAB. Alias, a prova nao garante que os advogados prestem p/ a sociedade, mas faz deles instrumentos muito eficientes para seus chefes:->)

Talvez o melohor seja ir pelo caminho oposto. Diploma para tudo. De Garçom a Taxitas. De Blogueiro a flaneninha. Diploma até para traficante. Ou o cara pensa que pode sair por aí distribuindo qq coisa, sem ter conehcimento? O diploma de jornalismo garante ilibado respeito e responsabilidade na profissão, como bem ilustram casos dë: Claudio Humberto, Diogo Mainardi, Lucia Hipolito, Reinaldo Azevedo, Mino Carta, Datena, etc.
Todos com diplomas e atuaçao irretocável kkkkk.

Vou brigar também por uma lei para os Sociólogos. Só poderá fazer análise social, quem tiver diploma de Sociologia.

Ops! Você fez uma análise social neste post é nao tem diploma?
Será o primeiro alvo de minha nova lei :->

Podemos fazer um acordo. Eu assino a análise e você o texto. Que tal? :->

Bem vindo de volta
Edu

Raysa disse...

Cara, eu entendo perfeitamente sua revolta. Desculpa se eu tiver exagerando. Mas, penso que pra exercer qualquer profissão é necessário conhecimento, preparação, estudo. Por isso achei absurdo essa decisão do Supremo.
Não é uma questão de diploma, mas de dedicação, que era comprovada atráves do diploma.
Sinceramente, torço muito pra que essa decisão seja revogada.
E ao contrário do que você pensa, apesar de lógico, pra ser juiz não precisa apenas do bom senso, mas de saber fazer seu bom senso prevalecer legalmente sobre um monte de lei rídicula.

Gostei muito do seu blog, e apesar de não concordar com algumas coisas do que falou entendo a sua situação.

Anônimo disse...

Por que nao:)

llq disse...

I get much in your theme really alissa milano thank your very much i will come every day