terça-feira, 13 de outubro de 2009

Beijos para a Bibi


Hoje é aniversário da Bibi. Quatro aninhos.
Ela me fez descongelar o blog, depois de uma grande temporada distante de tudo relacionado ao mundo online.

Talvez porque eu esteja longe de casa (viajando a trabalho, como sempre), resolvi falar da Beatriz, como a homenagem de um pai apaixonado.

Ontem à noite, conversei com ela sobre o aniversário, já que não poderíamos soprar velinhas juntos:

- Filhinha, amanhã é seu aniversário, lembra?
- Amanhã?
- Isso...
- É o dia depois deste?

"O dia depois deste": é assim que a Beatriz sempre se refere ao amanhã.
Para ela, o amanhã não pode ser percebido como um conceito abstrato, que tenta nos levar a algo que ainda não existe.

Na cabecinha da Bibi, o amanhã só pode existir em relação ao hoje.
O amanhã só faz sentido se for uma continuação das coisas que existem hoje.

Segundo ela, o amanhã nunca tem a capacidade de trazer para o hoje problemas que ainda não existem.
O amanhã não deseja correr para acontecer logo.

Quem sabe a Beatriz não me ensine a transformar o hoje no momento mais importante.

Feliz aniversário, filhinha!

6 comentários:

Manuel Carreiro disse...

Vou ter que puxar saco, afinal, seu blog estava congelado há décadas...

QUE RETORNO TRIUNFAL, hein, Ronaldo?

Linda homenagem à Bibi, Bia, Beatriz.

Parabéns aos dois - pelo aniversário e pelo post!

P.S.: onde no globo você está? Vancouver?????

Ronaldo Martins disse...

Cara,
tô mais perto, em Sampa.
Me manda um email contando as novidades do Canadá.
Abs

Sandra Leite disse...

É Ronaldo, Bibi mandou bem :) No aniversário dela, é a criança quem nos dá o presente. A responsabilidade e o comprometimento com a felicidade, uma especie de pão nosso de cada dia. Não amanhã, mas hoje. Não é mais tarde, é agora.

"O amanhã só faz sentido se for uma continuação das coisas que existem hoje"

Atrás dessa frase, tanta verdade. Nosso jogo é desmascarado, é bom não deixar para amanhã.

É bom assumir a vida, integralmente, hoje. Faz sentido.

Ronaldo, você sabe que adoro seus textos, mas concordo com Jasão, voltou em grande estilo.

Mais uma coisa: dentre as muitas coisas que me deixavam feliz na infância, a mais forte foi sentir-me amada pelos meus pais. Esse amor é o meu alicerce até hoje.

A Bibi me entende.

Beijão pra ela e muitas felicidades

Sandra

Qualquer Um disse...

ALELUIA!!!!!!!! O BLOG RESSUSCITOU!

Cara,
Você deveria ter vergonha. Tem a Capacidade de escrever assim e o que faz? Nada. Não escreve.

O "dia depois de hoje". Bibi é sábia. Um ex-chefe nosso já tentou nos ensinar que as crianças veêm a complexidade. Nós, o cartesiano.

Bibi me ensinou que o amanhã não existe. Há o dia que vem depois de hoje.
Grande Bibi! Muitos dias depoi de hoje para ela.

um ab
Edu

Anônimo disse...

Caro Jornalista-Irado,

Eis um blog mais desatualizado do que o discurso do PSTU:-)
um ab

edu

llq disse...

I get much in your theme really cap sleeve wedding dresses thank your very much i will come every day